Lançamento da obra: “A Alteridade Ameríndia na Ficção Contemporânea das Américas”, de Rita Olivieri-Godet.  

Grande divulgadora da literatura brasileira na França, Rita é professora titular e diretora do Departamento de Português da Université Rennes 2, doutora em teoria literária e literatura comparada pela Universidade de São Paulo, com pós-doutorado em literatura comparada na Université Paris 10, além de coordenar o laboratório de estudos sobre os países de língua portuguesa (PRIPLAP).
Em maio desse ano, foi nomeada por um juri internacional, membro senior do Institut Universitaire de France (IUF), pela qualidade excepcional de suas pesquisas.

Seus trabalhos mais recentes estão voltados para questões identitárias na literatura contemporânea brasileira e para as relações literárias e culturais interamericanas, a partir do estudo das representaçãos dos ameríndios na ficção contemporânea desses países.

Em uma de suas contribuições para os estudos canadenses, Rita escreveu o artigo “Précarité et exclusion dans la fiction contemporaine du Brésil et du Québec”, publicado na Revista Interfaces. O acesso está disponível no link: revistas.unilasalle.edu.br

Em sua passagem pelo Brasil, Rita esteve na Palavraria Livraria Café, para lançar a obra “A Alteridade na Ficção Contemporânea das Américas”. O estudo privilegia as representações literárias contemporâneas do ameríndio no Brasil, Argentina e Quebec e também promove-se nele o significativo diálogo com a Antropologia, a Historiografia e as Ciências Sociais, a Literatura Comparada e a Teoria da Literatura. O resultado é um painel riquíssimo de interpretações e reflexões sobre uma poética da alteridade ameríndia, não somente na sua expressão nas três literaturas enfocadas, mas na contribuição significativa para a abordagem teórica da alteridade e sua representação em geral. A autora esmiúça as representações do ameríndio em narrativas de Darcy Ribeiro, Murilo Carvalho, Bernardo Carvalho e Antônio Torres, de Milton Hatoum, dos argentinos Juan Saer, Leopoldo Brizuela e César Aira, dos quebequenses Gérard Bouchard, Bernard Assiwissi e Robert Lalonde.

DSC_0022

Prestigiaram e brindaram esse momento especial e significativo na carreira de Rita, a ABECAN (Associação Brasileira de Estudos Canadenses), o NEC (Núcleo de Estudos Canadenses) e o Observatório Cultural Unilasalle, além de amigos e interessados na obra.

Para compra do livro online, acesse:  Finotracoeditora

Contatos com a autora:

E-mail: rgodet@9online.fr

Facebook: Rita Olivieri Godet

Related Post


0 comentário sobre ““A Alteridade Ameríndia na Ficção Contemporânea das Américas””

Deixe uma resposta

Posts Relacionados

Diversidade Cultural

De Quem É o Poder?

A música Toda Forma de Poder da banda gaúcha Engenheiros do Hawaii diz que “toda forma de poder é uma forma de morrer por nada/ toda forma de conduta se transforma numa luta armada/ a história Leia mais…

HQs e cultura nerd

O jovem Freud e a análise dos sonhos

Por Marcelo Franco Que as histórias em quadrinhos podem assumir um importante papel no desenvolvimento cognitivo e intelectual do indivíduo, já está comprovado. Mas, além disso, as HQs continuam se destacando no campo educacional, onde Leia mais…

Dança

III Escola de Inverno

Do site do Unilasalle O Unilasalle não para durante as férias! Ocorreu hoje, dia 20/07, a abertura da III Escola de Inverno, uma atividade que envolve a comunidade acadêmica durante uma das semanas deste período, Leia mais…