Citadelle

Cidadela é o nome que se dá a qualquer tipo de fortaleza ou fortificação construída em um ponto estratégico da cidade, visando sua proteção ou dominação.

A palavra civitas, que em latim significa “cidade”, foi um dos primeiros exemplos históricos de construções que originalmente serviam de proteção aos seus próprios habitantes.

“La Citadelle de Québec” é um exemplo de cidadela localizada dentro das muralhas da parte antiga da cidade do Quebec e é a maior fortaleza britânica construída na América do Norte.

Sua função defensiva e sua localização lhe rendeu o apelido de “Gibraltar das Américas.”

Ocupado primeiramente por tropas britânicas e artilharia canadense, desde 1920 é a residência oficial do Royal 22o Regiment, regimento de infantaria francesa.

Quebec

Há 60 anos, o “Le Musée Royal 22o Regiment” é o guardião da sua memória, abrigando uma das maiores coleções de natureza militar do Canadá. Abrange mais de 300 anos de história entre o período colonial francês até os dias atuais: medalhas, uniformes, armas, coleções, arquivos, publicações, desenhos e honras de batalhas atribuídos ao regimento ilustram a bravura franco-canadense.

A missão do museu é a de adquirir, preservar e mostrar artefatos e documentos relacionados com o Royal 22o Regiment e com a história da Cidadela do Quebec.

Durante o verão, os homens e mulheres do Royal 22o Regiment perpetuam tradições militares através de cerimônias como a troca da guarda e canhões de fogo.

Atividades educacionais: A seção de educação destina-se a jovens e professores. Oficinas e workshops são realizados para que sejam feitas descobertas históricas e geográficas de forma coletiva. Para os professores, o museu criou ferramentas para apoiá-los em seu trabalho docente.

Museu

Em 1985, “La Citadelle de Québec” foi declarada Patrimônio Mundial pela UNESCO.

Para quem quiser se aprofundar e saber um pouco mais sobre a história, fatos e acontecimentos que percorreram os últimos anos desse instigante lugar, não deixe de acessar ao link:  Musee2014
“Musée 2014” é um projeto que já faz parte das comemorações dos 100 anos de existência do 22º regimento.

Faça também uma visita virtual (clique no mapa para passear pelos seus diferentes espaços): marketinghd.ca

Site oficial: lacitadelle

O Museu se esforça para sempre instigar os canadenses um sentimento de orgulho do patrimônio militar do Quebec e de toda a sua trajetória reconhecida mundialmente. Bravíssimo!

Related Post


1 comentário sobre “La Citadelle de Québec: “O Gibraltar das Américas””

Laura Gransotto · 28 de maio de 2013 às 02:29

Referencia cultural na América do Norte para todos nós, da América do Sul, em muitos aspectos! Parabéns por divulgar este assunto interessante através do Observatório Cultural entre nós, rede de amigos do facebook! Estou curtindo!

Deixe uma resposta

Posts Relacionados

Patrimônio Cultural

O que realmente importa no Patrimônio Cultural?

O que realmente importa no Patrimônio Cultural? Se você está lendo este post, é porque você se interessa por Patrimônio Cultural. Mas nem todo mundo se importa com esse tema. Aliás, a maioria das vezes Leia mais…

Patrimônio Cultural

Canoas: Interstícios de uma Ferrovia

Recentemente, os historiadores Israel Tavares Boff e Airan Aguiar, que desenvolvem pesquisas relativas a Canoas e ao contexto socioeconomico da região metropolitana no século XIX, escrutinaram vasta documentação do Poder Legislativo de Porto Alegre, encontrando Leia mais…

Literatura

Entrevista com Zilá Bernd: A representatividade de João Ubaldo Ribeiro

O baiano João Ubaldo Osório Pimentel Ribeiro,  escritor, jornalista e roteirista, formado em direito, faleceu no último dia 18 de julho de 2014. João Ubaldo era o 7º ocupante da cadeira número 34 da Academia Brasileira de Letras Leia mais…