Fontes insubstituíveis de vida e inspiração, o patrimônio cultural e natural são a nossa herança do passado. Apresentam locais diversificados e extraordinários, como o Parque Nacional Serengeti, na África, as Pirâmides do Egito, a Grande Barreira de Corais na Austrália e as Catedrais Barrocas da América Latina.

Durante a 37ª  Sessão do Comitê do Patrimônio Mundial, realizada de 16 a 27 de junho desse ano pela UNESCO, em Phnom Penh e Siem Reap, Camboja, 19 novos sítios foram acrescidos à Lista. Com isso, passamos a ter um total de 981 bens, divididos em 759 culturais, 193 naturais e 29 mistos.

Entre os bens culturais, foram selecionados os candidatos, incluindo:

foto 1 - villa-mediciMedici Villas e Jardins na Toscana (Itália)
Doze moradias e dois jardins de recreio espalhados por todo o lado do país toscano compõem este sitio, que é um testemunho da influência da família Medici exercida sobre a cultura europeia moderna.

 

 

foto 2 -fujisanFujisan, lugar sagrado e fonte de inspiração artística (Japão)
A beleza do deserto, muitas vezes cobertas de neve, vulcão, conhecido em todo o mundo como o Monte Fuji,  há muito tempo inspirou artistas, poetas e foi objeto de peregrinações.

 

 

foto  3-university-of-coimbraUniversidade de Coimbra (Portugal)
Situada em uma colina com vista para a cidade, a Universidade de Coimbra, cresceu e evoluiu ao longo de mais de sete séculos dentro da cidade antiga.

 

 

foto 4 cTserkvas de madeira da Região dos Cárpatos (Polônia e Ucrânia)
Situado na Europa Oriental, possui uma seleção de 16 tserkvas, construídas com troncos de madeira horizontais pelas comunidades católicas e ortodoxas gregas.

 

 

Entre os Bens Naturais que foram inscritos na Lista do Patrimônio Mundial, destacam-se:

Foto 5 - Monte EtnaMonte Etna (Itália)
É um local icônico abrangendo 19.237 hectares desabitadas na parte mais alta do Monte Etna, na costa oriental da Sicília.

 

 

 

foto 6- la-mer-de-sable-du-namib-en-namibie[1]Namib Sand Sea (Namíbia)
Único deserto costeiro do mundo, que inclui extensos campos de dunas influenciados pelo nevoeiro.

Acesse ao site da UNESCO e veja a lista completa dos novos sítios considerados Patrimônio da Humanidade.

Related Post


1 comentário sobre “Patrimônio Cultural e Natural: UNESCO registra novos sítios”

Ulises · 29 de julho de 2013 às 00:27

Luciana, fico sempre muito feliz em ler seus posts sobre cultura, memória e significado.

Continue assim, sempre vibrante e acreditando que a cultura é realmente importante para nossa memória coletiva de significado.

Ulisses

Deixe uma resposta

Posts Relacionados

Patrimônio Cultural

O que realmente importa no Patrimônio Cultural?

O que realmente importa no Patrimônio Cultural? Se você está lendo este post, é porque você se interessa por Patrimônio Cultural. Mas nem todo mundo se importa com esse tema. Aliás, a maioria das vezes Leia mais…

Patrimônio Cultural

Canoas: Interstícios de uma Ferrovia

Recentemente, os historiadores Israel Tavares Boff e Airan Aguiar, que desenvolvem pesquisas relativas a Canoas e ao contexto socioeconomico da região metropolitana no século XIX, escrutinaram vasta documentação do Poder Legislativo de Porto Alegre, encontrando Leia mais…

Literatura

Entrevista com Zilá Bernd: A representatividade de João Ubaldo Ribeiro

O baiano João Ubaldo Osório Pimentel Ribeiro,  escritor, jornalista e roteirista, formado em direito, faleceu no último dia 18 de julho de 2014. João Ubaldo era o 7º ocupante da cadeira número 34 da Academia Brasileira de Letras Leia mais…